Alimentação e mindfulness: um convite para comer com atenção plena

Alimentação e mindfulness: um convite para comer com atenção plena

 

Alimentação e meditação. Que benefícios podemos tirar dessa relação?

A meditação mindfulness, termo traduzido do inglês como “consciência plena”, nos convida a realizar todas as atividades do dia a dia com mais atenção ao momento presente. Desde nossas tarefas pessoais até atividades profissionais, passando pela forma como praticamos atividades físicas, como caminhamos, como ouvimos o outro e também a maneira como nos alimentamos.

A essa consciência trazida para a alimentação – e que envolve diferentes aspectos do ato de comer – chamamos Mindful Eating. Uma linha de estudos e práticas dentro do mindfulness voltada a ajudar na mudança do nosso relacionamento com a alimentação, buscando uma relação mais leve e prazerosa, sem críticas ou culpa. Um exercício para livrar nossa alimentação do estresse e da ansiedade e desassociar o ato de comer de comportamentos compulsivos, como a tentativa de “afogar” emoções.

Conheça aqui o trabalho do Center for Mindful Eating, uma organização sem fins lucrativos, com sede nos Estados Unidos, e que tem o objetivo de ser um lugar de conversação, networking e aprendizado para profissionais e interessados em aprender como aplicar o mindfulness na relação com a comida.

Sobre nosso curso

O curso de Mindful Eating, trazido pelo Estúdio de Meditação Moved by Mindfulness, não se propõe a apresentar nenhum tipo de dieta, assim como não tem o objetivo de estabelecer a maneira “certa” de comer – ou apontar a forma “errada”.

Ao longo de 8 semanas, com um encontro semanal, o ponto chave trabalhado é a conscientização. Com atenção plena podemos perceber o “piloto automático” que nos leva a comer – muitas vezes em ter fome ou sem saborear de fato os alimentos –, a fim de que seja possível incorporarmos mudanças no ato de nos alimentar.

O curso é voltado para todos os públicos – e, entre eles, se encaixam também casos de obesidade e transtorno alimentar, como a compulsão e o chamado “comer emocional”.

Baseadas em vivências, as aulas são compostas de exercícios práticos de como comer e viver no momento presente. Assim como exercícios de meditação mindfulness ligados ao tema, informações úteis e discussões para darmos pequenos passos rumo a formas de cuidarmos melhor de nós mesmos.

Nosso programa ensina:

  • o que é mindfulness e porque usar na alimentação
  • a comer segundo os 9 tipos de fome
  • a utilizar ferramentas para lidar com o comer emocional
  • a comer com calma e atenção
  • a libertar-se de padrões condicionados ao redor do comer;
  • a quanto comer: diferença de saciedade e satisfação
  • a lidar com desejos por determinados alimentos
  • a desenvolver o perdão, compaixão, aceitação do corpo e autocuidado;

 

Informações sobre horários e inscrições aqui.

Palestra introduzirá o tema

Antes do início do curso, cujo primeiro encontro acontecerá no dia 21 de agosto, realizaremos também a palestra “Mindful Eating – Descontar na comida, como lidar?”, que abordará as sensações que nos levam a comer mesmo quando não temos fome.

No centro das discussões, faremos a pergunta “se não era fome, o que fez você comer?”, como forma de investigar  o que nos leva a “descontar” nossas emoções no ato de comer.

Na ocasião, apresentaremos técnicas de mindfulness aplicadas no comportamento alimentar (Mindful Eating) com o objetivo de encontrar formas para livrar nossa alimentação do estresse cotidiano.

No Comments

Post A Comment